13 de novembro de 2018

A arapuca de eleger o presidente da Assembleia

Por José Carlos Sá

A escolha do próximo presidente da Assembleia de Rondônia já agita bastidores na rua Major Amarante, na Arigolândia

O título deste comentário é decorrente de uma observação na história da escolha dos presidentes da Assembleia Legislativa de Rondônia. Estamos às vésperas do início de uma nova Legislatura, que se iniciará em 1 de fevereiro de 2019. Já ha muita movimentação nos bastidores e os frequentadores dos corredores da auto denominada “Casa de Leis” dizem que, pelo menos três chapas estão prontas e há um deputado com uma candidatura “outsider“, expressão que foi popularizada nesta eleição de 2018, para dizer que o camarada estava só e desacompanhado.

Segundo a Pipira, há uma combinação entre os deputados José Lebrão (MDB) e Jean Oliveira (MDB), que já montaram  as respectivas chapas e agora discutem quem ficará como presidente no primeiro biênio e quem será o chefe do Legislativo estadual a partir de fevereiro de 2021. Também estão juntando apoiadores o deputado Laerte Gomes (PSDB) e o deputado eleito Sargento Eyder Brasil (PSL), que já avisou que “quer” fazer parte da Mesa Diretora.

Falta combinarem com os russos.

Tags

Assembleia Legislativa 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*