15 de outubro de 2018

O inédito rio Madeira

Por Marcela Ximenes

Sabe o que é morar numa cidade que tem um grande e lindo rio e só conhecer de ouvir falar? Parece impossível, mas não é. Nas minhas andanças como repórter conheci muita gente adulta que não sabia onde ficava a praça da Madeira-Mamoré e, claro, nunca tinha visto o rio Madeira. Ontem (14), um grupo de 23 crianças porto-velhenses foi conhecer o Madeirão. Ficaram admiradas com o tamanho do rio e com a cor de “lama” dele. Se encantaram com os barcos, ficaram (mais) agitadas com os botos.

Essas crianças participam de atividades aos domingos no Posto de Assistência Irmão Passarinho, no bairro Ronaldo Aragão, coordenado pelo Instituto Espírita Chico Xavier e o passeio foi em comemoração ao dia das crianças.  Elas perguntam agora: para onde vamos no natal?

O boto apareceu!

Piquenique na praça

Quem nunca desceu assim na grama da praça não sabe o que é bom

A turminha das fotos

Voluntários e crianças após o inédito passeio de barco

Tags

Crianças Infância Madeirão Porto Velho rio Madeira 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*