03 de agosto de 2018

Sem retribuição

Por José Carlos Sá

Casal ‘real’ não se encontrou com o nosso maior monarquista (Foto Pedro Bantes/G1-RO)

Com um pouco de atraso comento a visita do casal ‘real’ dom Antônio de Orléans e Bragança e da princesa Princesa Christina de Ligne, a Porto Velho dia 31 de julho. Os monarquistas cumpriram uma série de agendas, como vota pontos turísticos da cidade, gerando um monte de selfies que estão sendo publicaras no Facebook.

Procurei a cobertura da visita na internet. Fiquei sem saber se o príncipe encontrou com o deputado Lebrão, monarquista raiz. Acho que não. Lembram do projeto de lei de autoria dele, obrigando as escolas a hastearem diariamente a bandeira do Brasil Império? Banzeiros comentou.

Faltou o agradecimento e a retribuição dos príncipes, descendentes de D. Pedro I, que poderiam ter dado ao deputado José Eurípedes Clemente, pelo menos um título nobiliárquico, de barão, por exemplo. Barão Lebrão. Ia ajudar na campanha, se ia!