12 de maio de 2018

Troca de significado

Por José Carlos Sá

Os pastorinhos de Fátima e a princesa Isabel (Fotos Domínio Público)

Já devo ter contato que fui criado em uma casa de pessoas extremamente católicas. Em um dia como hoje, ouvi, fascinado, a história da aparição de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta, na cova da Iria, perto da localidade de Fátima, em Portugal, em um 13 de maio de 1917*(o ano soube agora, ao lembrar e pesquisar sobre a história). Fiquei imaginando de poder ter uma revelação dessas, pois na época eu tinha – mais ou menos – a idade dos portuguezinhos.

Poucos anos depois, na aula de Português, a professora pede uma redação sobre o “13 de Maio”. O meu cérebro foi desenterrar lá de suas profundezas a história acima. Escrevi o que eu lembrava da aparição de Fátima e a nota foi: ZERO! A professora queria que escrevesse sobre a abolição da escravatura.

Também fazem tudo na mesma data!

*Atualizado, com ajuda do Frei Phillip Machado