24 de março de 2018

Amazônia, essa desconhecida II

Por José Carlos Sá

Momento político atual

André Lahóz, Arthur Virgílio e Confúcio Moura, no talk-show (Foto Ésio Mendes/Secom)

Confúcio Moura e Arthur Virgílio também falaram do desengano da geração atual com a democracia. Para o governador de Rondônia, a política, no mundo inteiro, está sendo vista em “momento de tempos de indignação e falta de credibilidade”. “Ninguém sabe o que a população quer. Ela quer o novo? O novo-novo? Um menino virgem de experiência política ou quer um velho-novo? O que a população deseja?” Perguntou Confúcio Moura.

Arthur Virgílio (esq) traça perfil dos presidenciáveis (Foto Ésio Mendes/Secom)

Já o prefeito de Manaus foi mais enfático e traçou o quadro com dois candidatos para a sucessão presidencial de 2018: “No Brasil estamos vivendo uma época de velhas práticas que não podem ser apoiadas, que são condenáveis. O que precisamos é olhar estas “novidades” e ver se são novidades mesmo ou se são fakes.” (…) “Você pega uma pessoa que fala bem… é um perigo. Você pega o [ex] governador Ciro Gomes, do Ceará, hoje eu vejo ele como alguém que possa chegar ao segundo turno. Agora, se a gente analisa com critério o que ele diz, você não aproveita absolutamente nada. Ele é atrasado na economia, ele é autoritário, é um coronel nordestino igual àqueles que ele ajudou a derrubar lá atrás, mas formou o neo-coronelismo, do qual ele é o líder, é o chefe. Não chega a ser novidade nenhuma e tem uma prática política muito atrasada. A gente vai buscar essa dona Marina. Uma pessoa decente, uma pessoa justa, honesta, mas é preciso saber se ela tem forro eleitoral, se tem capacidade de fôlego em sua própria caminhada e chegar. Mas eu vejo que temos este quadro de desalento, esse quadro de desesperança, e esse quadro de embarcar em uma dessas aventuras, mais para querer se vingar daqueles que fizeram trapalhadas e mais trapalhadas, por décadas e décadas, e que cansaram a beleza do povo brasileiro”.

Tags

Exame Fórum Amazônia governador Confúcio Moura 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*