22 de janeiro de 2018

Diálogos insólitos

Por José Carlos Sá

Djavaneando

(Ilustra Maxres)

– Mãe, a senhora gosta muito do Djavan, né.

– Sim, meu filho…

– Grava umas músicas dele prá mim, quero ouvir…

[Dias depois]

– E então, filho gostou?

– Mais ou menos… Aquela música, Samurai… Não entendi nada!

– Se você tivesse entendido, eu é que ia achar estranho!

Tags

diálog Diálogos insólitos Djavan JP Leseira Mar Marcela Ximenes 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*