12 de dezembro de 2017

Porto Velho voltará a ter porto

Por José Carlos Sá

Hidroviária do Cai N’Água (Foto meramente ilustrativa – Ana Luiza Moreira/G1-RO/2014)

Interditado desde o início deste ano pela Marinha do Brasil, pelo vencimento do prazo de validade dos cabos de aço, com um deles rompido, entre outras irregularidades, o Porto Hidroviário de Porto Velho deverá ser reaberto o mais breve possível. Informação é do assessor especial do Ministério dos Transportes, Miguel de Souza, que acompanhou a visita do ministro Maurício Quintella ao local, depois da inauguração do viaduto da rua Três e Meio e antes da assinatura do Termo de Compromisso com o governador Confúcio Moura.

Segundo Miguel, os cabos de aço já foram trocados e faltam uns poucos ajustes. “Esse final de ano já não há mais orçamento. No início do ano que vem, veremos o que sobrou para que seja feito um possível remanejamento orçamentário para resolver o problema de uma vez por todas. Aí, então, chamaremos a Marinha [do Brasil] para fazer uma nova vistoria. O que precisamos é resgatar a dignidade daquelas pessoas que precisam descer e subir o barranco para embarcar, ali no Cai N’Água”.

Miguel disse que o esforço vai ser para que se libere, pelo menos, o embarque das pessoas pela estrutura metálica da Hidroviária.

Tags

Miguel de Souza Ministério dos 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*