24 de agosto de 2017

Agora vai

Por José Carlos Sá

Porto Velho tem poucas bibliotecas públicas. Acho que três municipais e era para ter mais uma, estadual, a “Dr. José Pontes Pinto”. Esta é a problemática. Fechada desde 2003 e o seu acervo está em algum lugar. A biblioteca Pontes Pinto foi criada em abril de 1975 e instalada na esquina das avenidas Farquhar e Pinheiro Machado. Quando eu fui ao prédio, no início da década de 1990, o aspecto já era de abandono: infiltrações nas paredes que também estavam sujas, marcas de goteiras no forro, móveis quebrados e o acervo não era renovado há alguns anos.

No governo Ivo Cassol, com a demolição da Esplanada das Secretarias para construção do CPA, o prédio foi reformado e ocupado pela Secretaria de Planejamento. Depois, ficou desocupado e foi alvo de vândalos e ladrões, além de servir de “casa” para um catador de recicláveis.

Hoje passei pela Farquhar e vi o prédio da sofrida biblioteca cercado por tapumes e muita poeira em suspensão, o que significa que está havendo obras no prédio. Espero que a biblioteca seja reaberta para a comunidade de Porto Velho.

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*