07 de julho de 2017

Crônicas requentadas

Por José Carlos Sá

Tentando retomar uma proposta que fiz a mim mesmo, recomeço a trazer textos antigos que publiquei originalmente nos jornais de Porto Velho, a exemplo deste a seguir, que é de dezembro de 1993 e saiu no Alto Madeira.

A mulher penhorada

A conquista foi difícil, mil artimanhas foram empregadas para que ele conseguisse um simples olhar de sua musa. Esse negócio de amor platônico não está mais em moda. Flores, presentes e convites foram alguns dos artifícios utilizados na aproximação e no início da amizade entre eles. Nesse ponto da história os esforços passaram a ser direcionados para conduzir da amizade para o estágio posterior: a cama. Meias palavras, insinuações e sugestões explícitas não foram economizadas. Algumas vezes sutilmente, outras não. Até que uma proposta para passar uma noite em um motel foi aceita. Aliás, mais facilmente do que ele previa (ou as defesas dela já estavam minadas?). Tudo pronto, motel escolhido com esmero – simplesmente o melhor da cidade –, uma champanhe para marcar a ocasião e uma performance digna do Kama Sutra, no capricho, para a noite ficar inesquecível. E ele conseguiu. Na saída, a alma leve, o sabor da vitória nos lábios, o sorriso indelével no rosto e, de repente, tudo desmorona. O dinheiro que ele tinha na carteira era insuficiente para pagar as despesas, o cartão de crédito estava vencido e o talão de cheques não tinha mais nenhuma folha. A única alternativa aceita pelo insensível gerente foi deixar a mulher em penhora até que conseguisse levantar o valor necessário para resgatá-la. Como o Destino é cruel com as pessoas! Hoje eles se cumprimentam, mas não se olham nos olhos…

 

(Baseado em fatos reais. Publicado no jornal Alto Madeira – Porto Velho, 10 de dezembro de 1993)

Tags

CEF Crônicas Jornal Alto Madeira 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*