09 de junho de 2017

Ouvido por aí

Por José Carlos Sá

(Foto Handel Dantas/Comunicadores)

A conversa era sobre a (in)segurança na cidade, quando eu disse que muita gente se torna isca-de-bandido ao andar distraído lendo, escrevendo ou com fones de ouvidos ouvindo música no celular. Meu amigo contou o seguinte causo:

– Falei várias vezes com meu enteado: “Fabinho, para de andar olhando para o celular. Você pode se machucar ou ser roubado”. Ele me respondeu balançando os ombros [Fez o gesto de dar de ombro, que significa ‘Tô nem aí!’], resultado teve três celulares levados pelos malandros. No último, ele recebeu umas porradas. Não sei se aprendeu…

– Ele apanhou porque resistiu ao assalto?

– Não. Ele estava usando fone e não ouviu o cara anunciando o assalto!

Não consegui segurar a gargalhada…

Tags

Caso de polícia celular Isca-de-bandido 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*