01 de junho de 2017

Dois passos à frente e um retrocesso grande

Por José Carlos Sá

O Brasil é um país em que é preciso um exercício muito grande para compreender o que se passa na cabeça das autoridades “competentes” e o que eles pensam de nós.

No mesmo dia em que o Senado aprovou uma versão light do fim do foro privilegiado, após  anos de tramitação, o Supremo Tribunal Federal iniciou discussão sobre o mesmo tema. O relator, ministro Luiz Roberto Barroso votou pelo fim do privilégio. Hoje o assunto volta à pauta.

(Cartum Iotti/Zero Hora)

Porém (ai, porém), na mesma praça, do outro lado do Eixo Monumental, o presidente Michel Temer assinava a reedição Medida Provisória que eleva a Secretaria-Geral da Presidência a condição de Ministério dando ao titular – no presente caso, Moreira Franco – o foro privilegiado. Só isso.

Tags

presidente Michel Temer Senado Federal STF 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*